Contra o Projeto de ampliação do Porto de São Sebastião! Faca parte!

http://www.facebook.com/pages/Porto-da-Desgraça-NÃO/296525730403290

Litoral Norte Paulista e Serra do Mar ameaçados Vimos até aqui, em caráter de urgência, para que fiquem a par de um movimento popular que está acontecendo em prol de um desenvolvimento sustentável no Litoral Norte Paulista. O movimento atualmente rechaça o plano de desenvolvimento para o Litoral Norte Paulista propostos pelo Governo Estadual e/ou Petrobrás, englobando a rejeição o Projeto de Ampliação do Porto de São Sebastião, a construção do Contorno Sul da Tamoios e a ampliação do Terminal Marítimo Almirante Barroso (TEBAR). Tomando conhecimento dos impactos das megaobras, pedimos seu apoio nesta causa que é de todos que acreditam em crescimento QUALITATIVO em contraposição a crescimento quantitativo (Fritjof Capra). Impactos socioambientais, culturais e economicos resultantes da envergadura do projeto em andamento: Há um projeto para que o Porto de São Sebastião seja ampliado para ter uma capacidade 30 vezes maior que a atual, podendo receber até 240 mil contêiners por mês. O Porto totalizará uma área de 1,2 milhão de metros quadrados, construídos parte avançando sobre o canal que une São Sebastião e Ilhabela, berço de renomados velejadores e palco da Semana Internacional da Vela, evento fundamental para o turismo da região, parte por cima da Baía do Mangue do Araçá, foco da cultura pesqueira caiçara e de espécies endêmicas (que só existem lá e em mais nenhum lugar no mundo). O único fator que ainda está segurando o início das obras é o EIA/RIMA, documento que analisa os impactos ambientais e sociais da obra e que no momento está sendo analisado pelo IBAMA. Porém, segundo especialistas, o documento está incompleto, não abordando impactos crucias na região, como o assassinato da cultura caiçara, do turismo e das espécies endêmicas. Se o IBAMA aprovar o documento as obras começarão no segundo semestre. A autorização pode sair nos próximos 2 meses, ou a qualquer momento. Além da descaracterização do litoral, causada pelas pilhas de contêiners equivalente a prédios de 9 andares tanto em navios no canal como em terra, pelas fileiras de guindastes de até 30 metros de altura, da fila gigante de navios aguardando vaga para entrar no canal; para o escoamento dos contêiners será necessária a construção do Contorno Sul da Tamôios, estrada que conectará o Vale do Paraíba ao Porto. Por esse acesso passarão até 10 mil carretas por dia, gerando uma emissão de gases poluentes absurda no ar da região. Para sua construção, serão desapropriados quase 1 mil imóveis de Caraguatatuba e São Sebastião onde causará imenso impacto ambiental, social e visual por conta de uma Via Elevada passando que passará por cima de toda Costa Norte da cidade até a praia do Guaecá. A delicada arquitetura colonial do Centro Histórico também será impactada e o memso passará a dormitório de carretas e carcaças esperando vaga no Porto. Além disso, a Petrobrás está ampliando o TEBAR, construindo mais 1,5km de pier para petroleiros sobre o mar, indo até a praia do Pontal da Cruz, podendo receber mais 2 navios por vez (vale lembrar os diversos acidentes envolvendo petróleo nos útimos meses). O impacto de todos esses projetos na região acarretará nos problemas verificáveis em todas as cidades à borda de grandes portos: crescimento desordenado, aumento das áreas de moradia irregular no Parque Estadual da Serra do Mar – Santuário Ecológico tombado pela UNESCO, más condições de saneamento (como já acontece), favelas, aumento dos pontos de vendas de drogas, prostitição, assaltos, furtos, doenças infecto-contagiosas, verticalização, etc. Visando toda essa situação que ameaça a qualidade de vida do Litoral Norte Paulista e o turismo dentre outros, um grupo de moradores e cidadãos simpatizantes de Ilhabela e São Sebastião se reuniu para fazer o impossível para que o desenvolvimento da região ocorra de outra maneira que não essa predatória de toda a VIDA proposta atualmente, mas uma que desenvolva o ecoturismo, explorando as belezas naturais, a arte, a cultura e todo o potencial da economia criativa. Um primeiro Manifesto foi realizado em Ilhabela com a presença de mais de 400 pessoas e grande repercussão nas mídias da região. Agora irá acontecer o segundo, no dia 28 de Abril, as 15 horas na Rua da Praia em São Sebastião , contando com presença de representantes das Vela, associações de praias, e diversas ongs, instituições, empresas e personalidades. Pedimos seu apoio, sua participação, caso compartilhe de nossos ideais, no que diz respeito a divulgação das ações do manifesto, e apoio presencial no dia. Estamos correndo contra o tempo, a autorização do IBAMA pode sair a qualquer momento e aí não há mais como correr atrás. A HORA É AGORA! SGF / Manifesto - Organização O Litoral Norte Paulista concentra 30% dos 7% de Mata Atlântica que ainda restam no país. A defesa desta causa transborda as fronteiras da região. Precisamos também aqui no sudeste da mesma notoriedade que hoje goza a defesa do Xingu. É possível fazer a diferença. Em Creta, na Grécia, um Movimento Popular barrou a construção de um porto de conteiner projetado para aquele território em 2009 Manifesto - Organização -

Exibições: 241

Comentar

Você precisa ser um membro de Transition Towns Brasil para adicionar comentários!

Entrar em Transition Towns Brasil

Comentário de Malu Moreira em 10 maio 2012 às 11:01

O que se pretende contra a VIDA aqui bem pertinho da maior cidade do país - a 180 km de São Paulo -, é novamente uma das mais aberrantes propostas de crescimento a esta altura das nossas experiências e conhecimento sobre os desequilíbrios já perpetuados pelo homem em seu já ultrapassado paradigma econômico. O Litoral Norte Paulista - São Sebastião, Ilha Bela, Ubatuba e Caraguá - aos pés da Serra do Mar, é patrimônio ambiental tombado pela UNESCO e uma das mais belas regiões não só do país mas do planeta. Nosso potencial e vocação voltam-se para o Ecoturismo e a Economia criativa, estas sim atividades que trarão prosperidade à região, bem como um modelo de sociedade que nos permitirá cada vez mais criar e atrair harmonia, bem estar e aventurança.

Treinadores Oficiais da Rede Brasileira das Cidades em Transição

Claudia Valadares Arakaki

Conheça Nossos treinadores oficiais

Fórum

DIREITO ECONÔMICO - ARTIGO

Iniciado por vanessa campana 15 Mar, 2019. 0 Respostas

Boa tarde!Estou realizando meu TCC com base na análise econômica da proposta do TTT. Estou com muita dificuldade em encontrar material em português sobre o assunto e muitas revistas científicas de…Continuar

ONG AMBIENTAL - Projeto de Formalização e Estruturação de uma ong Ambiental, Projeto SEE-MEAR

Iniciado por Maria Valentina Sena e Silva. Última resposta de Cledir Mendes Soares 13 Ago, 2018. 2 Respostas

Há boas possibilidades em São Vicente, para implantação de nossos projetos autosustentáveis. Alguém que gostaria de colaborar para que isso venha a ser uma realidade?! Estamos com colaboração em São…Continuar

Notícias de um Mutirão em Cabo Frio

Iniciado por Christianne Rothier Duarte 6 Jul, 2017. 0 Respostas

Olá, boa noite a todos!Acabei de chegar por aqui e gostaria de compartilhar uma experiência de mutirão entre moradores, visitantes e parceiros para cuidar de um largo no meu bairro que havia se…Continuar

Tags: Movimento, Social, Sustentabilidade, Frio, Cabo

Atividades no Rio de Janeiro ?

Iniciado por Valéria Burke. Última resposta de Isabela Maria Gomez de Menezes 15 Jun, 2017. 8 Respostas

Olá a todos, numa busca rápida aqui vi vários membros do Rio de Janeiro. Gostaria muito de saber se atualmente alguém(ns) está empreendendo alguma atividade Transition - principalmente na cidade - do…Continuar

© 2020   Criado por MarCelo Todescan.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço